UPDATE VLOG

sábado, 18 de fevereiro de 2017



 Pessoal finalmente expliquei o que andou acontecendo e eu senti vontade de fazer isso em video, foi um video super espontâneo, eu simplesmente sentei com a câmera e falei. Adorei esse sensação de ter sido tão espontâneo falar com a câmera, totalmente diferente das outras vezes e acho que vocês conseguem perceber bem. Espero que vocês gostem assim como eu gostei do vídeo!

• VÍDEO • 





NÃO SEJA APENAS UMA METADE

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017


 Há alguns dias me indagaram por que eu não tenho namorado, imediatamente resposta foi que não estou procurando por um. Que normalmente as pessoas procuram por um parceiro para se "completarem" e eu não acredito nisso, acho um conceito absurdamente errado.

Tu tens de te sentir completo consigo mesmo.

 Se procuras alguém para te completar é porque tu és uma metade, gostas de metades? Não, ninguém gosta. A metade é dependente, vulnerável e não consegue ser genuinamente feliz consigo mesmo, ou seja, uma pessoa que também não tem confiança. Duas metades não se completam.
 Vejo muitos amigos e pessoas próximas que são "metades", entram e saem de relacionamento toda hora; eu, que vejo a situação de fora encaro isso como uma incapacidade de estar sozinhos consigo mesmos. Afinal, há coisa mais assustadora do que isto? Estar apenas na sua companhia, você e você. Como seres humanos tendemos a permanecer em nossa zona de conforto e cá entre nós, não é a situação mais confortável do mundo estar consigo mesmo, seus pensamentos a mil. Quem você realmente é? O que você realmente quer?
 Não existirá um relacionamento saudável se a pessoa em questão é metade, como disse antes, a metade não tem confiança, nela mesma e no parceiro. Por mais esforçada que a pessoa seja para construir confiança sempre terá o medo e a insegurança. Nessa hora a pessoa que me fez tal pergunta fez um comentário crucial para entender que medo é esse: Medo de voltar a ser uma metade. Oras, se duas metade começaram um relacionamento acreditando que estariam completando um ao outro, enfrentam todas estas questões no relacionamento -que na verdade não passam de questões pessoais-, terminam, o que os acontece? Voltam a ser apenas metades.

 
Continuando a conversa eu lhe disse que um dia uma pessoa tão completa e feliz consigo mesma cruzará o meu caminho, sem eu precisar procurar. Afinal, se eu me preocupasse em procurar passaria mais tempo procurando do que vivendo o presente. As coisas acontecem quando tem de acontecer, e se demorar a acontecer ou até mesmo se não acontecer, para uma pessoa completa isso é só um detalhe. Enquanto isso eu estou muito feliz com meus amigos, a vida, arte, o que me cerca e o que está longe. Eu amo o mundo e acredito que há muito mais sobre amor do que o conceito amor = casal. Não estou aqui para julgar ninguém, não gosto de imposições e também não acredito que todos devíamos estar sós. É normal ter momentos de fraqueza, às vezes eu converso comigo mesma e me pergunto se eu não estaria melhor em um relacionamento e subitamente eu me lembro das experiências que a vida ainda vai me proporcionar completamente e não só a metade.
Solteiro ou em relacionamento, viva intensamente, aproveite os pequenos detalhes, conheça-se a fundo mas não dependa de outra pessoa para te completar e ser feliz.

5 COISAS QUE PODEMOS APRENDER (E RIR) COM MODERN FAMILY

sábado, 11 de fevereiro de 2017

 

1. Família é onde tem amor 



A série fala da família Pritchett, que tem vários núcleos. Jay, um pai de família ricaço que se casa com Gloria, uma mulher maravilhosa e vários anos mais nova que ele, colombiana e mãe solteira de Manny; Mitchell e Cam, um casal de gays que adotaram uma menininha do Vietnã; Claire e Phill, uma família nos moldes tradicionais porém com 3 filhos malucos: Alex que é uma nerd, Hayley que é uma patricinha e Luke que vive aprontando.


2. Todo mundo tem problema

No ep. 23 "See you next fall", da segunda temporada, Alex escreve um discurso para sua formatura do ensino fundamental (middle school), sobre como as crianças populares (a.k.a cool kids) são superficiais, egoístas, burros etc. Mas depois de sua irmã Hayley, que é popular, a contar que ela também tem inseguranças e todo mundo tem seus problemas, Alex muda seu discurso.

3. As vezes as coisas mais não convencionais são as melhores


Talvez a melhor coisa sobre essa série é que ela compartilha a história de uma família não-tradicional. Embora a algumas das relações possam ser pouco convencionais, nós testemunhamos, semana após semana, as famílias partilhando memórias hilariantes e levando uma vida muito alegre.
Isso prova que, às vezes, o lugar mais feliz para se viver é fora da caixinha!

4. A perfeição não existe


Claire é apenas um dos muitos exemplos de Modern Family da imperfeição perfeita! Embora ela seja obsessiva e se esforce para perfeição em tudo, mesmo Claire comete erros de vez em quando. E graças a isso vemos que, mesmo em seus piores momentos, ela ainda é a mulher alegre e encantadora que todo mundo quer ser!

5. Paciência é realmente uma virtude

Parte da alegria de assistir a esta família é que ao mesmo tempo que uns triunfam, outros falham, e eles ajudam uns aos outros ao longo do caminho. Para muitos dos personagens - especialmente o impaciente Jay - isso pode ser difícil às vezes. Mas no final, todos eles mostram que a paciência é a chave para o sucesso.



SETEMBRO NO INSTAGRAM

AGOSTO NO INSTAGRAM

quinta-feira, 29 de setembro de 2016



Todos sabem que eu sou sempre A ATRASADA de tudo, então não é tão novidade assim que o post das fotos de agosto saíssem no penúltimo dia de setembro, né gente? hahaha Mas a sério, estou tentando aumentar a quantidade de postagem por aqui mas está sendo difícil em meio de trabalho, estudo, arrumar o quarto (sim, porque eu o arrumo e no dia seguinte já o bagunço), lazer e claro, descanso. Quem trabalha e/ou estuda sabe como é difícil arranjar tempo. Mas por aqui sigo tentando!





PLAYLIST #5 - FAST CAR

JULHO NO INSTAGRAM